A Biblioteca Central Professor Antônio Secundino de São José, órgão suplementar da Universidade Federal de Viçosa, vinculado administrativamente à Pró-Reitoria de Ensino, foi criada em 1969, tendo como objetivo contribuir efetivamente para as atividades de ensino, pesquisa e extensão, propiciando acesso aos serviços informacionais nas diversas áreas do conhecimento, de forma qualificada, rápida e atualizada, visando contribuir para a formação do profissional e do cidadão.

Suas atribuições são as de seleção, aquisição, classificação, catalogação, organização, armazenamento, conservação, restauração, disponibilização e disseminação das mais diversas fontes de informações aos seus usuários, também prestando serviço de colaboração as bibliotecas dos outros setores da UFV e de outros campus, como as do campi de florestal e do Rio Parnaíba.

Além da comunidade universitária a Biblioteca Central é também aberta à comunidade viçosense e demais pessoas que possam necessitar de seus serviços. Um exemplo disso é o empenho de professores das escolas da região, que trazem seus alunos às visitas orientadas e promovem a utilização do espaço PROLER, como parte das ações de incentivo à alfabetização e à leitura. O PROLER também abriga iniciativas de outros grupos, entre alunos e servidores da UFV, que usam o espaço para reuniões e debates sobre questões ligadas à literatura, aos livros e aos leitores.

A Biblioteca Central está localizada no centro do campus universitário e ocupa um edifício moderno e funcional de quatro andares, com área total de 12.816,59m2. Disponibiliza aos usuários mais de 1.500 postos de estudos/pesquisas, que incluem salas de uso individual e em grupo, sala de videoconferência, coleções especiais, coleções de obras raras, multimídia, mapoteca, sala de vídeo, espaço para alunos do ensino médio e fundamental, espaço para leitura de lazer, espaço para pesquisa às bases de dados e periódicos eletrônicos, hall para exposições diversas e um auditório.

Foi construída em conformidade com as normas de segurança e acessibilidade de prédios públicos e, tanto a entrada principal quanto a entrada secundária, permitem acesso aos deficientes físicos, com amplas áreas de circulação e 02 elevadores.

No andar térreo, funcionam setores administrativos como: a Diretoria, a Diretoria assistente, o Apoio administrativo, entre outras secretarias, e setores de atendimento como: a sala de Reservas, o Serviço de Referência e Atendimento ao Público, os terminais de consulta ao acervo através do sistema Virtua/VTLS com auxílio ao usuário, o serviço COMUT, e terminais para acesso ao portal da CAPES. Possui amplas áreas de estudo, sala de videoconferência com 56 lugares, o auditório de 170 lugares e hall de exposições.

Biblioteca Central no campus da UFV. Foto: Divulgação/BBT
Biblioteca Central no campus da UFV. Foto: Divulgação/BBT

O sistema atual de gerenciamento do acervo é o Virginia Technology Library System – VTLS/VIRTUA, o qual possibilita colocar à disposição dos usuários o catálogo e a movimentação de sua conta, como em reservas e renovações via internet, e também a administração das rotinas de circulação de materiais, garantindo a relação entre usuários e a Biblioteca. O sistema facilita, ainda, a troca de informações e o compartilhamento de registros bibliográficos com outras bibliotecas, de outras instituições, do país e do exterior.

O acervo bibliográfico, localizado na Biblioteca Central e nas bibliotecas setoriais do campus de Viçosa atingiu em dezembro de 2013 os seguintes quantitativos: 183.191 livros, 29.696 teses, 43.970 publicações seriadas, 7.581 títulos de periódicos, 2.651 exemplares em Braille. O acervo inclui ainda 13.834 materiais especiais (mapas, “slides”, fitas de vídeo, “CD-ROM”, DVDs, disquetes, obras raras e outros), além de 10.994 relatórios, 5.308 folhetos e 10.540 separatas.

A Biblioteca Central é biblioteca depositária da ONU – Organização das Nações Unidas e tem entre seus principais usuários, os alunos do Colégio da Universidade, o COLUNI. Oferece, também, o acesso ao Sistema Brasileiro de Informação do Café – SBICafé (disponível em http://www.sbicafé.ufv.br), o portal Periódicos da CAPES (títulos de periódicos), bem como bases de dados de referenciais. É biblioteca base do COMUT (Programa de Comutação Bibliográfica), integra a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) do IBICT/CNPq, tendo cadastrado, até dezembro de 2013, 4.329 títulos sendo 1.308 teses e 3.021 dissertações defendidas na UFV que podem ser acessadas integralmente em formato PDF pela internet. Participa dos sistemas nacionais e internacionais de informação e documentação na área agrícola, bem como do Catálogo Coletivo Nacional de Periódicos. E faculta o empréstimo entre bibliotecas, que é um importante recurso no compartilhamento de acervos, pelo qual as instituições procuram atender ao usuário por meio de convênios de intercâmbio.

O horário de funcionamento é de acordo com setores : o acesso ao acervo físico, aos empréstimos e devoluções na Seção de Circulação e à sala de Reservas funcionam de 2ª a 6ª feira, das 6:00 às 23:45 horas e aos sábados das 6:00 às 17:45 horas, a Biblioteca da ONU funciona de das 8:00 às 12:00 e das 14:00 às 18:00h e o setor de Fichas Catalográficas funciona das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00h, ambos de 2ª a 6ª feira, sendo que as fichas catalográficas podem ser solicitadas via internet, 24 horas por dia. Durante o recesso escolar a Biblioteca é aberta ao público das 6:00 às 17:45 horas de 2ª a 6ª feira.

A proteção, a segurança e o controle do acervo são feitos por meio do controle de acesso dos usuários com catracas de identificação biométricas, leitoras de código de barras e teclado, um sistema de monitoramento através de 16 câmeras e um sistema com portões eletrônico de detecção magnética que permite o controle de entrada e saída de materiais do interior do prédio.

Por: João Vitor Martins