Movimentando as mais diversas emoções e sentimentos; a seletiva para os Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) começará a ser disputada na próxima terça-feira (12), na AEV (Associação Esportiva Viçosense), com portões fechados para a torcida.

Por abranger diversas regiões do estado, o JEMG atua como canal de integração, sociabilidade e aprendizado dos alunos-atletas envolvidos nos Jogos. Por intermédio do desporto escolar, auxilia na formação de cidadãos mais críticos e conscientes, estimulando o pleno exercício da cidadania. Os Jogos Escolares de Minas Gerais selecionam os representantes do Estado para as os Jogos Escolares da Juventude e Paralimpíadas Escolares; etapas nacionais.

Sendo assim, o Viçosa em Dia acompanhou alguns treinos preparatórios para o campeonato; sendo recebido de braços abertos pelas escolas em que passou.

Colégio Nossa Senhora do Carmo

Elenco atual campeão do JEV’s.
Foto: Guilherme C.A/Viçosa em Dia

O atual campeão dos Jogos Escolares de Viçosa (JEV’s), com uma grande tradição nos campeonatos escolares da cidade; o Colégio Carmo busca vencer, pela primeira vez, a seletiva do JEMG. De acordo com o treinador da modalidade futsal masculino, Luís Flávio Cardoso, a expectativa é grande por parte dele e dos jogadores.

Nossa expectativa é ser campeão nos dois módulos. Temos um time muito forte no futsal, e pretendemos ir longe, sem dúvidas

Ainda segundo o treinador, os jogos disputados pela sua equipe serão sem dúvidas muito emocionantes, afinal, em um dos módulos (2), teremos uma reedição da final do JEV’s logo na primeira partida, entre Carmo e Esedrat. Segundo jogadores e treinadores, a maior rivalidade do Carmo hoje é com o Colégio Anglo, e um possível cruzamento entre os dois colégios pode acontecer na final. Independente da rivalidade, os atletas afirmam ser algo sadio e que faz bem para o esporte.

De acordo com os atletas Gabriel Alves e Gabriel Peluzio, o time entrará em quadra sempre pensando em ganhar, e sem escolher adversários.

Nosso time é muito forte e vem treinando muito bem. Vamos entrar pensando em ganhar sempre, sem escolher adversário. Quem quer ser campeão não escolhe adversário.

Colégio Equipe

Equipes femininas de futsal mod. 1 e 2
Foto: Guilherme C.A/Viçosa em Dia

Quando o assunto são competições municipais e regionais, não podemos deixar de citar o Colégio Equipe de Viçosa. Tradicionalmente, o colégio sempre leva times muito fortes para as competições, se consagrando um dos maiores vencedores de Viçosa.

O treinador do futsal feminino e masculino, Walace Calderano, afirmou que o trabalho da escola com os times de futsal começam logo cedo, aos sete anos de idade, e talvez esse seja o motivo do atual sucesso na modalidade. Além disso, citou ainda a importância do JEMG para as relações escolares em Viçosa.

Graças ao JEMG a relação entre a maioria das escolas de Viçosa se tornou muito boa, muito sadia, já que todos estamos tentando representar nossa cidade, então o espirito de união é muito forte.

De acordo com o técnico, é preciso respeitar todas as equipes igualmente para que não hajam surpresas indesejadas durante o caminho. Além disso, Walace ainda afirmou ser feito um trabalho psicológico quando necessário para manter a cabeça dos alunos sempre preparadas para todos os tipos de resultados.

A atleta Marcella Katharine, manteve os pés no chão, e afirmou que é preciso primeiro pensar e respeitar o Esedrat e Anglo, adversários nos módulos II e I respectivamente, e depois analisar passo a passo o caminho a ser traçado. Enquanto isso, a jogadora Paula Dantas, afirmou que nunca ter perdido para o alguns colégios não significa nada, afinal, cada jogo é um jogo. Paula criticou ainda a falta de torcida no ginásio, afirmando que tira um pouco do brilho da competição.

Já para a goleira, Bárbara Soares, a falta de torcida não faz tanta diferença assim, e que o time está preparado para qualquer desafio.

Nosso time é muito bom, sinto que estamos preparados para enfrentar qualquer um de igual pra igual. Vamos em busca do título.

Equipe masculina de futsal do Equipe.
Foto: Guilherme C.A/Viçosa em Dia

Já no time masculino, o brincalhão atleta Gabriel Salgado, mostrou personalidade ao dizer que não teme nenhum time, e que o objetivo é sem dúvidas, vencer a seletiva municipal e representar Viçosa.

Não podemos ter medo de ninguém, nosso time é muito bom, sabemos do que somos capazes, mas temos que respeitar todos independente do que acontecer.

O capitão do time, Davi Henrique, mostrou total humildade ao se referir aos futuros adversários nas fases da competição.

Futebol nunca é fácil, cada jogo é um jogo e precisamos respeitar sempre nossos adversários e buscar as vitórias. O céu é o limite.

Colégio Anglo

Elenco campeão do JEV’s de 2018 na modalidade de basquete masculino.

Fazer uma matéria sobre a seletiva do JEMG e não citar o maior vencedor da cidade é algo impossível. Entretanto, status não bastam para ser vencedor, é preciso se provar dentro das quadras, e é exatamente isso que o Colégio Anglo buscará fazer novamente este ano.

De acordo com o treinador do futsal e do basquete, Frederico Junior, a expectativa para a competição é a melhor possível, e suas equipes buscarão os títulos que disputarem, independente do adversário. Para ele, o Anglo tem bons times em todas as modalidades, e tem condições de buscar o título.

Todos os nossos times são muito bons, acredito que podemos chegar na final em todas as modalidades disputadas, e quem sabe até ser campeões. Nosso módulo I, masculino é extremamente forte, e o módulo II feminino também. Vamos manter os pés no chão, e jogar nosso jogo. Estamos preparados.

Além disso o treinador afirmou que o preparo dos alunos começa logo cedo, no módulo “sub-zerinho”, aos 7 anos; e para ele, a falta de torcida deve esfriar um pouco os ânimos dentro da quadra, diminuindo a grande rivalidade entre algumas escolas.

Para a atleta do módulo II do futsal feminino, Karina Araújo, o primeiro a se fazer é colocar em prática tudo que foi treinado para esta seletiva, e depois, quem sabe, pensar nas próximas etapas da competição.

O primeiro objetivo, nessa primeira etapa que será a seletiva para iniciar a competição, é poder colocar em prática todo o treinamento que tivemos, e que possamos contar com todas do time oferecendo o seu melhor. Se a gente sair com a vitória, o foco será treinos bem pesados para podermos chegar preparadas para jogar com qualquer adversários no JEMG.

Time de futsal feminino módulo 1

Além do futsal, o Viçosa em Dia também conversou com atletas do Basquete e do Vôlei. Para o Calebe Gomide, jogador do módulo II do basquete masculino, as chances de conseguir bons resultados durante o JEMG é altíssima, já que o time é muito forte e muito bem treinado.

Sempre entramos na JEMG almejando o lugar mais top da competição né, então ser campeão estadual seria ótimo no último ano da maioria dos atletas do time.

Já para a atleta, Luisa Gomide jogadora de vôlei do colégio, o entrosamento do time pode ser algo determinante durante a competição, mas acredita que as chances da vitória estão sempre divididas meio a meio. Além disso, afirmou que para ela a falta de torcida não faz muita diferença, mas que pode ajudar outras atletas.

Nosso entrosamento é muito bom, então buscaremos ser campeãs de novo hahaha. Mas sempre respeitando o adversário, que com certeza tem um bom time e também entrará pensando em vencer, assim como nós. Estamos preparados para a competição.

Esedrat

Com treinos duas vezes por semana, o ESEDRAT se prepara pra o JEMG.
Foto: Guilherme C.A/Viçosa em Dia

O treinador da Escola Estadual Dr° Raimundo Alves Torres, mais conhecida como Esedrat, também nos recebeu durante o treinamento preparatório para a competição e garantiu que a preparação para os jogos estão sendo feitas da melhor maneira possível.

Segundo o técnico Fred Santos, a falta de torcida no ginásio prejudica um pouco o espetáculo, mas que não podem se preocupar muito com isso, e sim jogar bola.

“Acredito que o jogo contra o Carmo no módulo 2 será extremamente disputado, os dois times são muito bons, tanto que fizeram a final do JEV’s ano passado”

A simplicidade e os pés no chão não pararam apenas com o treinador. Os atletas Renan Lopes e Arthur Felício, deram algumas declarações acerca da importância da competição para eles.

“Os jogos serão muito difíceis, são equipes muito boas, mas sabemos do nosso potencial. Nossa expectativa é sem dúvida vencer a seletiva e poder viajar para jogar e conhecer as quadras de outros lugares.”

Equipe de handebol feminina 2019 do Esedrat

Além do Fred, o treinador do handebol feminino, Dioei, também cedeu algumas palavras para o Viçosa em Dia, e enalteceu as duas equipes que disputarão a final da seletiva, afirmando que Viçosa estará bem representada independente do resultado. “Sim, acredito que a equipe vencedora fará uma boa trajetória nos JEMG!”

Ademais, comentou um pouco sobre a enorme expectativa vivida por ele e pelas atletas para a competição.

“Nossa expectativa é a melhor possível, estamos muito animados por estarmos disputando a seletiva pela primeira vez desde 2016. E sim, nosso pensamento é de sermos campeões. Mas estamos com os pés no chão pois sabemos que nada esta garantido!”

Ainda sobre a equipe feminina de handebol, a capitã, Jallusa Teixeira, afirmou que acredita em boas chances de título para a escola, e enalteceu o ponto mais forte da equipe; a defesa.

“Minha expectativa é que possamos fazer um ótimo jogo, fazer tudo o que sabemos, sem desespero. E o principal; apesar de ser uma competição, é para nós nos divertimos, fazendo o que gostamos. E o nosso ponto mais forte é a nossa defesa.”

Colégio Ágora

Alunos do Colégio Ágora em preparação para o JEMG.
Foto: Guilherme C.A/Viçosa em Dia

O Colegio Ágora buscará nessa edição do JEV’s passar das Quartas de Final pela primeira vez em sua história, e segundo o treinador e professor do colégio, Matheus Esquírio, a esperança principal é no Módulo 1.

“A gente nunca passou dessa fase, vamos tentar dessa vez, temos bons jogadores e acho que é possível sonhar. Pensando jogo após jogo podemos chegar longe.”

Segundo o jogador Gabriel Cunha, do módulo 2, o time vai entrar em quadra pensando em vencer sempre, mas reconhecendo suas limitações.

“Vamos entrar pra ganhar, como sempre, mas sabemos que o time é limitado. Se passarmos do Equipe podemos tentar uma final, quem sabe. Estamos preparados para tudo.”

De acordo com o Pedro Artur, atleta do módulo 1 do colégio, as chances podem ser boas de chegar à final e até mesmo vencer a seletiva.

“Acho que a gente consegue chegar na final e quem sabe ganhar. Estamos treinando mais e nosso time é muito bom.”

Foto: Guilherme C.A/Viçosa em Dia

O Viçosa em Dia informa que não conseguiu contato com a Escola Estadual Effie Rolfs, e por motivos exclusivamente logísticos não conseguiu coletar informações na E.E Alice Loureiro e na E.E Raul De Leoni. O Portal deseja toda a sorte do mundo para todos os colégios que disputarão a competição.

Sabendo da importância da valorização dos jogos escolares para a sociedade, informamos que do dia 12 ao 15 cobriremos os jogos direto da AEV, em Viçosa. A possibilidade da realização de uma transmissão ao vivo da final está sendo discutida e analisada pelos membros.

Confira a tabela oficial da Seletiva do JEMG de 2019:

Por: Guilherme de Carvalho Alves e Daniel Pires Junqueira