Na noite do último sábado (16), uma jovem de 22 anos relatou para a polícia que foi estuprada durante uma festa em uma república em Viçosa-MG.

Segundo informações cedidas pela Polícia Militar, a vítima disse que estava na festa com algumas amigas, e quando pediu para o acusado um chiclete, que disse que estava em outro quarto da residência, na parte de baixo. Os dois foram até o quarto e lá ele teria agarrado a vítima e forçado uma relação sexual, usando um canivete para ameaçá-la. Após o ato a vítima teria ido até as amigas e chorando muito pediu por socorro. A jovem foi encaminhada para o hospital onde foram tomados os devidos cuidados.

O suspeito de 21 anos, foi localizado e disse para polícia que também era estudante e negou ter cometido o estupro. Segundo ele, o ato teria sido com consentimento da vítima e que nenhum momento forçou uma relação sexual. O indivíduo recebeu voz de prisão em flagrante pelo crime de estupro, sendo encaminhado para a delegacia da polícia civil, onde foram adotadas as medidas cabíveis ao caso. A Polícia Civil de Viçosa continuará investigando o caso.

Por: Guilherme de Carvalho Alves