Na tarde de ontem, 13 de Maio, ocorreu uma assembleia geral da Aspuv ( Seção sindical dos docentes da UFV) com objetivo de debater a questão de adesão à Greve Nacional da Educação devido ao possível corte de verbas da educação, proposto pelo atual governo.

A assembleia que foi realizada no auditório do Departamento de Economia Rural, continha docentes de todos os quatro centros da UFV,
E com decisão unânime, com apenas um voto contrário, ficou decidido a adesão dos professores da Universidade Federal à paralização no dia 15 de Maio, que terá início às 6:00/6:30 nas 4 pilastras da UFV, com concentração até aproximadamente 9:00, quando haverá uma marcha em direção aos principais locais políticos da cidade (Câmara e Prefeitura).

Anteriormente, no dia 7 de Maio, a Presidente da Aspuv convocou em seu pronunciamento na tribuna livre da Câmara Municipal de Viçosa, todos os moradores viçosesnse, não só da comunidade da UFV, para lutar por uma educação livre, gratuita e laica, contra os cortes de gastos nas faculdades e nas bolsas; e contra a reforma de previdência.

Por: João Victor Martins e Guilherme de Carvalho Alves