Por um placar de 7 votos favoráveis e 8 contrários, o Plano Diretor de Viçosa foi rejeitado na reunião Ordinária da terça-feira (19). O Projeto de Lei n° 019/2017, de autoria do Prefeito Municipal Ângelo Chequer (PSDB), deu entrada na Casa Legislativa em 2017, e desde então gerou amplas discussões entre os vereadores.

O documento já havia sido aprovado em 1ª votação na sessão do dia 20 de agosto. A discussão e votação do Plano era uma das prioridades da Mesa Diretora da Câmara para o biênio 2019/2020, que em agosto instituiu a Portaria n° 016/2019 reprogramando o calendário de votação da matéria com objetivo de facilitar o prosseguimento dos trabalhos.

Confira no arquivo abaixo o posicionamento e justificativas dos vereadores presentes na votação da última terça-feira.