A 90º Marcha Nicolopes, que ocorreria no dia 7 de dezembro, foi adiada até tempo indeterminado. Em nota lançada no Instagram oficial do Diretório Central dos Estudantes – DCE, justifica o adiamento por falta de verba da Universidade Federal de Viçosa, inviabilizando a marcha. Além disso, a Prefeitura de Viçosa alegou que o evento era festivo e não um ato político, e por não haver uma pessoa física responsável, não poderia ocorrer.

O DCE diz que responsabilizar um estudante para um evento de grande porte como esse é extremamente perigoso.

O evento de 2019 seria inspirado no de 1979, “Aquarela contra o fuzil”, no qual a ditadura militar censurou a marcha. Porém, naquele ano, os estudantes traçaram uma rota alternativa para evitar a repressão da ditadura.